Pesquisar
Newton Cardoso Jr. indica cidades/estâncias à lista de prioritárias para receber autorização de cassinos

13/11/2017

Segundo Newton Cardoso Jr., o objetivo de transferir aos turistas que visitam esses locais, uma imagem positiva de um país que aproveita as grandes oportunidades tanto para o desenvolvimento do turismo como para o desenvolvimento sustentável
Através de requerimento incorporado ao Projeto de Lei 442/1991, do ex-deputado Renato Viana (PMDB-SC), que dispõe sobre a questão dos cassinos no Brasil, o deputado Newton Cardoso Jr. (PMDB-MG), solicitou a inclusão de algumas cidades dos Estados de Minas Gerais, Goiás e São Paulo, consideradas Estâncias Hidrominerais, na lista de municípios prioritários a receber autorização para operar jogos em cassinos.
As cidades listadas por Newton Cardoso Jr. são os municípios de Caxambu, São Lourenço e Poços de Caldas, em Minas Gerais, Caldas Novas-GO e Águas de Lindóia-SP. O deputado ressaltou que essa solicitação justifica-se pela importância estratégica dessas cidades declaradas como as maiores Estâncias Hidrominerais, com isso alavancando o desenvolvimento do turismo no Brasil.
Segundo Newton Cardoso Jr., o País possui alguns circuitos de Águas ou de Estâncias Hidrominerais de prestígio internacional, como exemplo, Águas Carbogasosas de Caxambú e São Lourenço , em Minas Gerais , estes com águas minerais de especial complexidade e alcalinidade, com propriedades terapêuticas já reconhecidas, tendo o seu aproveitamento em atividades hidroterápicas.
De acordo com Newton Cardoso Jr., a proposta tem como um dos seus objetivos principais, transferir aos turistas que visitam esses locais, uma imagem positiva de um país que aproveita as grandes oportunidades tanto para o desenvolvimento do turismo como para o desenvolvimento sustentável das regiões envolvidas. Ainda segundo o deputado, necessitamos de políticas públicas sólidas e permanentes para a priorização de investimentos públicos que são indispensáveis ao desenvolvimento das referidas cidades.

(61) 99357-4803
contato@frentesparlamentares.com.br




fonte: Editoria do Site

Marcas da Sustentabilidade