Pesquisar
“Foi-se o tempo do antagonismo entre agricultura e meio ambiente”, diz Sarney Filho

8/11/2016

O ministro do Meio Ambiente fez essa afirmação ao participar de evento que celebrou os dez anos da Moratória da Soja na Amazônia no último dia 19 de outubro
“Foi-se o tempo do antagonismo entre agricultura e meio ambiente”, disse o ministro do Meio Ambiente (MMA), José Sarney Filho, no dia 19 passado, durante evento, na capital paulista, que celebrou os dez anos da Moratória da Soja na Amazônia. “O produtor entendeu que dá para produzir mais sem desmatar”, ressaltou Sarney Filho, que acrescentou: “a Moratória da Soja é exemplo de programa de sustentabilidade para outros segmentos”.

O ministrou mencionou que os resultados da Moratória da Soja, que auferiram mais produção e menos desmatamento na Amazônia, contribuem para os compromissos ratificados recentemente pelo Brasil de redução de emissões de gases de efeito estufa. Sarney Filho ressaltou que a renovação por tempo indeterminado da Moratória é importante, mas que é preciso implantar outros dispositivos, como, por exemplo, o Cadastro Ambiental Rural (CAR), que segundo ele, já tem em sua base 80% das propriedades rurais brasileiras.
Sarney Filho salientou que o esforço da Moratória na Amazônia precisa ser expandido para outros biomas, e adiantou que a partir de março de 2017, o MMA disponibilizará, em tempo real, dados relativos ao monitoramento do desmatamento no Cerrado.

Também presente ao evento, em substituição ao ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi – que está em viagem internacional -, o secretário-executivo da pasta, Eumar Novacki, explanou que é preciso mostrar cada vez mais ao mundo o que o Brasil vem fazendo em termos de sustentabilidade.
De acordo com Novacki, os outros países têm que de algum modo valorizar a sustentabilidade do produto agrícola brasileiro, bem como que o mercado internacional pode e deve contribuir financeiramente para que o Brasil mantenha investimentos para o desenvolvimento de uma agropecuária cada vez mais sustentável.

Fonte: Universo Agro



fonte: http://sustentabilidadebrasil.com

Marcas da Sustentabilidade