Pesquisar
Lucena comemora a aprovação da lei que cria fundo de melhoria para municípios turísticos do Estado de São Paulo

13/7/2016

Para o deputado Roberto Lucena (PV-SP), o turismo é uma das saídas para a crise econômica do país, além gerar empregos com rapidez e a custos mais baixos
No último dia 21, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou o Projeto de Lei de n.º 1369/2015 que trata do fundo de apoio aos municípios turísticos do Estado. A aprovação foi recebida pelo deputado federal Roberto de Lucena (PV/SP) com grande entusiasmo, ainda por ser o secretário de estado de Turismo quando a proposta foi encaminhada para o Legislativo estadual.

“Comemoro mais esse passo importante para o turismo paulista. O turismo é uma das saídas para a crise econômica que assola esse país. Gera empregos rapidamente e ao mais baixo custo, além de ativar mais de 52 setores da economia”, destacou o parlamentar, que sempre lutou pelo desenvolvimento do estado de São Paulo por meio do Turismo e da Economia Criativa.

De acordo com o texto da proposta, o Fundo de Melhoria dos Municípios Turísticos (FUMTUR) atualmente está vinculado ao Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias. Este Departamento passará a ser denominado Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (DADETUR) e será subordinado à Secretaria de Turismo estadual. O recurso será destinado ao desenvolvimento de programas de melhoria e preservação ambiental, urbanização, serviços e equipamentos turísticos.

A proposta aprovada irá proporcionar o desenvolvimento do turismo paulista com preceitos socioambientais, a participação ativa dos setores da economia criativa, o fortalecimento dos instrumentos de gestão, supervisão e controle e o planejamento regionalizado. “São Paulo que já tem 70 estâncias, passará a ter mais 140 Municípios de Interesse Turístico totalizando 210 cidades indutoras de turismo. Fico muito feliz por termos deixado prontas as balizas para o inventário turístico e um gabarito para ranquear os Municípios de Interesse Turístico”, afirmou Roberto de Lucena.



fonte: http://sustentabilidadebrasil.com

Marcas da Sustentabilidade